A produção de armamento e a evolução da “violência”

Com base em nossos conhecimentos, adquiridos em nossas aulas de história, evidentemente reconhecemos a violência presente nas guerras, o estrago que causou e seus motivos, tendo como principal meio de defesa e catástrofe, as armas em grande escala, produzidas propriamente para conflitos amplos.

Segundo pesquisas, um acontecimento que ganhou conhecimento mundial por sua proporção, foi a destruição causada pela bomba em Hiroshima e Nagasaki, que, segundo o site mundo estranho,  matou mais de 150 mil japoneses e deixou o local radioativo por algumas décadas.

O ataque ocorreu ao final da Segunda Guerra Mundial, quando os Estados Unidos, lançou duas bombas contra o império do Japão, caracterizando assim, o primeiro “atentado” ou guerra civil onde o uso de armas nucleares foi realizado.

Não só as bombas nucleares causaram estragos e mortes, durantes toda a história do mundo até aqui, diversos métodos de tortura foram inventados, aprimorados e utilizados com diversas pessoas. Um exemplo claro com a violência da época e a falta de piedade com todos, foi a invenção das câmaras de gases, um tipo de tortura um tanto quanto indolor, porém, responsável por milhões de mortes, sem rastros ou sobreviventes, já que,assim que o gás contendo toxinas era liberado, a morte era quase que instantânea.

Atualmente, todos os que praticarem qualquer tipo de violência ou tortura, quase sempre, são punidos e recebem alguma pena para que possam responder por seus atos, gerando prisões (em alguns casos, perpétua) e muitas vezes, ações e ajudar em causas sociais, ajudam a pagar por seus crimes. Analisando desta maneira a evolução dos tipos de violência, percebemos que talvez a arma mais poderosa não seja a física, mas sim a mental, ser racional e pensante, pode mudar o mundo e o meio em que vivemos, reduzindo os conflitos e guerras através de tentativas de falas e acordos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s